No LNBio, pesquisa sobre vacina contra o câncer tem resultados surpreendentes Mais»

 

Justiça nega pedido de visitas a ex-presidente Lula

Fonte: O Destak

 

Juíza substituta de Sérgio Moro considerou ‘incabível a visitação das pessoas indicadas na petição’ ingressada por grupo de políticos

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

 A juíza federal Carolina Moura Lebbos negou, nesta terça-feira (10), o pedido feito por um grupo de políticos – liderado pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR) – para que 11 governadores, além dos senadores Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann, o vice-presidente do PT, Márcio Macedo e o ex-deputado federal Ângelo Vanholi, pudessem visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba.

A solicitação foi apresentada à Justiça Federal do Paraná na manhã de hoje (10). Entretanto, de acordo com a juíza que está na condição de substituta do juiz Sérgio Moro, “não há fundamento para a flexibilização do regime geral de visitas próprio à carceragem da Polícia Federal”.

“Desse modo, deverá ser observado o regramento geral. Portanto, incabível a visitação das pessoas indicadas na petição”, argumentou Carolina Moura no despacho.

A juíza seguiu o entendimento proferido no final da tarde desta segunda-feira (9), pelo juiz federal Sérgio Moro. Ele antecipou, em despacho, que o ex-presidente não deveria ter privilégios para visitações. O documento foi divulgado pela assessoria de Moro tão logo o pedido dos petistas foi protocolado na Justiça Federal.

“Além do recolhimento na sala maior, foi autorizado pelo juiz a disponibilização de um aparelho de televisão para o condenado. Nenhum outro privilégio foi concedido, inclusive sem privilégio quanto a visitações, aplicando -se o regime geral de visitas da carceragem da Polícia Federal, a fim de não inviabilizar o adequado funcionamento da repartição pública, também não se justificando novos privilégios em relação aos demais condenados”, afirmou Moro, no despacho.

As visitas são permitidas ao advogado, que tem visitado Lula diariamente, e aos familiares todas as quartas-feiras. Contudo, o advogado de Lula, Cristiano Zanin afirmou que ainda não há nada definido sobre o regime de visitas para esta semana.

 


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *